top of page
  • Foto do escritorDébora Fernandes

UNISINOS DIVULGA O FECHAMENTO DE 12 PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Atualizado: 4 de ago. de 2022

Por Débora Fernandes


A Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) anunciou o encerramento de 12 dos 26 Programas de Pós-Graduação e a demissão em massa de professores. A ação foi confirmada na última sexta-feira (22) pela Instituição, estudantes e docentes que já manifestaram indignação pelas redes sociais. A Universidade tem caráter comunitário e é mantida pela congregação dos jesuítas, sendo uma das principais instituições de ensino superior do Rio Grande do Sul, além disso possui programas de mestrado e doutorado reconhecidos no país e no exterior.


Segundo informa a Unisinos, serão desativados os PPGs de Arquitetura, Biologia, Ciências Contábeis, Ciências Sociais, Comunicação, Economia, Enfermagem, Engenharia Mecânica, Geologia, História, Linguística aplicada e Psicologia.


A Instituição diz que a decisão é necessária para manter o equilíbrio financeiro da Universidade e garantir que futuramente outros programas continuem. Em entrevista ao Brasil de Fato RS, o diretor do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro/RS), Marcos Fuhr, aponta que “O sindicato está buscando ainda, junto à Reitoria da instituição, informações mais claras, mais objetivas, mas a priori nosso posicionamento é de uma forte contrariedade com esta forma tão radical e tão contundente com que as coisas estão sendo feitas”, afirma. Ele afirma que o número de demitidos representa quase 5% do corpo docente da Unisinos e que a universidade tem longa trajetória com PPGs reconhecidos no país e no exterior.


Ainda na entrevista, o dirigente sindical diz que o fato “é resultado direto do desmonte que está se operando no país na área da educação, da ciência e tecnologia”. Ele conta que o sindicato sabe, através de referências frequentes dos gestores das universidades, sobre a condição geralmente deficitária dos PPGs. “Quando as universidades tinham expressivo número de alunos de graduação, essa capacidade de bancar os cursos de PPG era possível, na medida que o número de alunos de graduação vêm despencando semestre após semestre, a capacidade de manter essas ofertas deficitárias também se inviabiliza”, analisa.


A nota completa da Universidade


O contexto do ensino superior brasileiro mudou radicalmente ao longo dos últimos anos. Houve significativa redução do número de matrículas, resultado da crise econômica do país, da redução expressiva de financiamento público para o ensino superior e da pandemia. Para promover o equilíbrio financeiro da instituição e sua preparação para crescer de forma sustentável nos próximos anos, a Unisinos está adotando algumas ações que envolvem o início do processo de desativação de uma parte de seus programas de pós-graduação. Os alunos desses programas não serão prejudicados, pois lhes será garantida a continuidade do curso até que concluam sua formação. Cabe destacar que a Universidade seguirá investindo e mantendo sua reconhecida excelência em pesquisa acadêmica por meio de 14 programas de pós-graduação, produzindo conhecimento que gera impacto positivo para a sociedade.

A Unisinos mantém-se inabalável em seu propósito de oferecer educação superior de excelência. A Universidade potencializará seu portfólio de cursos e programas, em permanente conexão com as oportunidades e demandas do mercado, visando contribuir ainda mais para o desenvolvimento do estado do Rio Grande do Sul.


Confira a nota da ANPUH-BR contra o fechamento do programa de pós graduação em História da Universidade do Vale do Rio dos Sinos:


Nota de Repúdio e Solidariedade


A diretoria da ANPUH-Brasil vem a público manifestar repúdio e indignação quanto ao fechamento do Programa de Pós-graduação em História da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), assim como de diversos outros programas de pós-graduação de excelência dessa instituição.


Neste momento, a Associação manifesta seu protesto e sua solidariedade aos docentes, discentes e profissionais que foram afetados pela decisão da Unisinos.


Com ela, penalizam-se diversos professores e pesquisadores, assim como estudantes e demais membros da comunidade universitária, trazendo perdas para todos os segmentos da instituição. Ademais, de maneira mais ampla, provoca danos irreparáveis à pesquisa e à produção do conhecimento científico em âmbito nacional.


Desde que soube do fechamento do Programa de Pós-Graduação em História pela Unisinos, a Anpuh-Brasil estabeleceu contatos diretos com diversos docentes do Programa para se solidarizar e compreender o ocorrido.


A Anpuh-Brasil, além de tratar do tema em seu Fórum de Pós-Graduação, mantém-se em constante diálogo com diversos fóruns de pesquisadores. Compreende que esforços devem ser somados para sensibilizar a administração da Unisinos e, ainda, para cobrar as medidas cabíveis das agências de fomento e das instâncias superiores quanto a essa arbitrária medida.


São Paulo, 23 de julho de 2022.


19 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page